MarketingTecnologia

Entenda o Ibound Marketing, ou “Marketing de Atração”

Também chamado de Marketing de Atração, é considerado o “novo marketing“. Um dos pilares principais do Inbound Marketing é a produção de conteúdo voltada para a sua persona.

Principais pilares do Inbound Marketing

  • ATRAIR
    Seu cliente busca sua empresa em pesquisas de conteúdo relevante para ela, se tornando lead em potencial para a sua empresa.
  • CONVERTER
    O usuário gera informação sobre si em troca de alguma coisa, seja cadastrar o seu e-mail ou receber de um e-book em troca.
  • RELACIONAR
    Abordagem diária, semanal, ou quinzenal, focada na produção de conteúdo de remarketing, como e-mail marketing, “nutrição” de leads e automação de marketing por exemplo.
  •  VENDER
    Após a nutrição de leads, é preciso avaliar quem é o potencial cliente para o fechamento de uma venda e focar-se neste público.
  • ENCANTAR
    A relação com o público alvo vai muito além da finalização da compra. Agora é o momento de encantar o cliente, para que fidelize com a sua marca e atraia mais clientes, de forma orgânica.

Como funciona o Inbound Marketing?

Considerando quem está acessando o conteúdo, aborda o produto ou empresa de forma interativa e simples, tornando o conteúdo realmente relevante. Ou seja, dentro dessa prática, você conversa com a sua persona por meio do conteúdo, alcançando a pessoa certa no momento certo!

Contrário ao Outbound Marketing, o princípio do inbound é que o cliente lhe conheça por interesse próprio, captado por mensagens direcionadas como uma imã, que irá atrair e conquistar os seus clientes em potencial e não chamar a atenção deles a qualquer custo, interrompendo-os de seus momentos de lazer enquanto eles usam suas redes sociais, o que geraria antipatia.

Um exemplo clássico de Outbound Marketing são as propagandas comerciais de televisão. Comunicação aberta, interação e aproximação com os clientes representa a “jornada do cliente”.

A jornada do cliente refere-se a todo o processo de decisão, desde o início, onde o cliente passa a buscar informações mais simples, até o momento em que ele passa a considerar à compra, relacionando as buscas feitas anteriormente por ele.

A jornada do Cliente no Inbound Marketing

Uma maneira para compreender a jornada do cliente é o “funil de vendas”. Cada etapa do funil tem uma função específica que vai depender da estratégia de marketing de cada empresa.

  • O topo do funil é baseado no processo conhecido como “aprendizado e descoberta”.
  • O meio do funil aborda sobre o reconhecimento do problema.
  • O fundo do funil trata da decisão de compra.

É de suma importância ressaltar que um dos diversos benefícios do inbound é a possibilidade de mensurar resultados de forma contínua. Dentro do Marketing Digital existem várias formas de fazer essa verificação, conhecidas como KPIs (Key Performance Indicator ou indicador-chave de performance).

As principais métricas que a serem analisadas dentro do Inbound Marketing são:

  • ROI – Retorno de investimento
  • Taxa de conversão
  • Conversão do funil
  • Proporção de CLV e CAC: Valor Vitalício do Cliente e Valor Vitalício do Cliente.
  • NPS – Net Promoter Score.

Neste momento você deve estar se perguntando: “- Será que o Inbound Marketing pode ser aplicado em meu negócio?”

A resposta é sim!! Nossa aposta é que o inbound ou marketing de atração se adeque perfeitamente em várias empresas, de diferentes setores. O necessário para isso é definir uma estratégia específica para cada uma delas! Cada dia que passa novas tecnologias surgem, revolucionando estratégias e transformando-as em casos de sucesso.